sexta-feira, 28 de agosto de 2015

YOUCAT: Catecismo Jovem #Pobres

Os cristãos devem demonstrar o amor aos pobres e este deve ser uma marca dos cristãos e este amor não se expressa em das algumas esmolas, devemos lutar pelo direito a justiça que os pobres possuem. “Além do mais, os cristãos têm o dever de partilhar os seus bens, Cristo é o modelo do amor aos pobres.” [YouCat, 449] São João Crisóstomo nos deixa uma mensagem que devemos refletir “Não deixar os pobres participarem dos nossos bens significa roubá-los e tirar-lhes a vida, Não são os nossos bens que possuímos mas os deles.”

Devemos compreender que não existe somente a pobreza material, o Papa Francisco afirma isto “Mas há ainda outra pobreza: é a pobreza espiritual dos nossos dias, que afeta gravemente também os países considerados mais ricos.” [Papa Francisco em Encontro com o Corpo Diplomático acreditado junto da Santa Sé, 22 de Março de 2013] Devemos lutar por todos os pobres devemos nos dedicar ao amor ao próximo e aos menos favorecidos, “Muito podemos nós fazer pelo bem de quem é mais pobre, de quem é frágil e de quem sofre, para favorecer a justiça, promover a reconciliação, construir a paz.” [Papa Francisco, Encontro com os Representantes das Igrejas e Comunidades Eclesiais, e das Várias Religiões, 20 de Março de 2013], este é um ensinamento que vem do próprio Cristo, quando no Sermão da Montanha diz “Bem-aventurados s pobres de espírito, porque deles é o Reino dos Céus!” (Mt 5,3)

É um convite que a Igreja nos faz neste tempo em que vivemos de tanta desigualdade social que a Igreja acolha o pobre, o próprio Papa Francisco expressou isso “Ah, como eu queria uma Igreja pobre e para os pobres!” [Papa Francisco, Encontro com os Representantes dos Meios de Comunicação Social, 16 de Março de 2013] que atendamos ao pedido de Jesus Cristo quando afirmou “Quantas vezes o fizestes a um dos meus irmãos pequeninos, a Mim o fizestes.” [Mt 25,40)

Nenhum comentário:

Postar um comentário