sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Tempos difíceis fortificarão a fé

O futuro virá da força daqueles que têm raízes profundas
Durante o encerramento do Ano Sacerdotal, em Roma (2010), num momento de testemunhos de sacerdotes de todo o mundo, o cardeal secretário de Estado do Vaticano, Tarcisio Bertone, disse algo que traduz o tempo em que vivem os cristãos: “Parece-me que a Igreja está adentrando num tempo obscuro da fé”. Claro que o cardeal não se referia à fé da Igreja – esta é inabalável –, mas à apostasia que paira sobre os homens do nosso tempo.

Há 40 anos, um padre professor da Universidadet de Tubinga, na Alemanha, também falava sobre os tempos difíceis que a Igreja atravessaria. Num discurso transmitido pela rádio, o padre alemão Joseph Ratzinger – você o conhece? – pronunciava estas palavras proféticas:

Frases de São Vicente de Paulo

“Jesus Cristo teve como trabalho principal assistir e cuidar aos pobres. Ele colocou-se no lugar dos pobres, até dizer que o bem o mal que lhes fazemos aos pobres considerar-lho-á como feito à sua divina Pessoa”.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Especial São Vicente de Paulo


Especial São Vicente de Paulo

Entrega de presentes na favela Frei Damião, Caicó- RN - Brasil
Ser Vicentino é bom demais!
 

Reflexão do Dia: Não espere


Não espere um sorriso, para ser gentil...
Não espere ser amado, para amar...
Não espere ficar sozinho, para reconhecer o valor das pessoas...
Não espere ficar de luto, para reconhecer quem hoje é importante em sua vida...
Não espere o melhor emprego, para começar a trabalhar...
Não espere a queda, para reconhecer o quanto a vida é frágil...
Não espere a pessoa perfeita, para então se apaixonar...
Não espere a mágoa, para pedir perdão...
Não espere a separação, para buscar a reconciliação...
Não espere a dor, para acreditar em Deus...
Não espere elogios, para acreditar em si mesmo, para acreditar em seu sucesso.
Não espere ter tempo para ajudar...
Não espere que o outro tome a iniciativa, se você foi culpado...
Não espere, demostre seus sentimentos...
Não espere ter muito dinheiro para contribuir...
Não espere o dia de amanhã para AMAR A VIDA E ACREDITAR EM SEU SUCESSO!

YOUCAT: Catecismo Jovem #Meios de comunicação social


Ligada à relação entre Palavra de Deus e culturas está também a importância da utilização  cuidadosa e inteligente dos meios, antigos e novos, de comunicação social. Os Padres sinodais recomendaram um conhecimento apropriado destes instrumentos, estando atentos ao seu rápido desenvolvimento e aos diversos níveis de interação e investindo maiores energias para adquirir competência nos vários sectores, particularmente nos novos meios de comunicação, como por exemplo a internet. de comunicação, como por exemplo a internet. Por parte da Igreja, já existe uma signicativa presença no mundo da comunicação de massa, e o próprio Magistério eclesial exprimiu-se várias vezes sobre este tema a partir do Concílio Vaticano II.

Especial São Vicente de Paulo

São João dos idosos do Abrigo Professor Pedro Gurgel, Caicó-RN- Brasil
Ser Vicentino é bom demais!

Especial São Vicente de Paulo


Especial São Vicente de Paulo


Mansidão

Etimologicamente, mansidão vem de “mansuetude” e manso de “mansus”, forma do latim vulgar de “mansuetus”. Tem um significado de comportamento aconchegante, familiar, doméstico. Conceitualmente, a mansidão se entende como a força, a virtude, que permite a pessoa moderar razoavelmente sua ira e indignação. A razoável indignação pode ser com freqüência sã e saudável, transposição lícita da sobrecarga psicológica a um ato de zelo pela glória de Deus, pela justiça ou pelo bem do próximo.

A mansidão não é agressiva, raivosa, barulhenta. Certamente é uma virtude chave na comunidade. É a virtude que ajuda a construir a confiança de uns nos outros, porque, quando somos amáveis, os que são tímidos se abrirão em relação a nós. Por estas razões podemos dizer que a mansidão é a virtude por demais vocacional, como constatou o próprio São Vicente: “Se não se pode ganhar uma pessoa pela amabilidade e pela paciência, será difícil consegui-lo de outra maneira” (SV VII, 226).

A mansidão inspira um trato suave, agradável, educado, e fundamenta a tolerância, valor este muito importante para a convivência em uma sociedade plural em que o respeito à pessoa e à sua liberdade deve ser uma lei indiscutível.

Especial São Vicente de Paulo

 

Humildade

São Vicente de Paulo define a Humildade como a virtude que dá a característica essencial à missão na Pequena Companhia. A humildade é a virtude que nos torna capazes de reconhecer e admitir nossas fraquezas e limitações, criando assim a possibilidade de confiar mais em Deus e menos em nós mesmos.
Galera hoje é dia de São Vicente de Paulo, e queria que todos compartilhassem e respondesse a esta pergunta. Se São Vicente de Paulo fosse vivo hoje, o que ele faria para melhorar o mundo em que vivemos?

Feliz dia de São Vicente de Paulo



A vida do Apóstolo da Caridade

São Vicente de Paulo



São Vicente de Paulo
“O Apóstolo da Caridade”.
27 de Setembro

“Nasceste da família mais humilde, mas tua origem preparou-te para a glória e a pobreza de tua infância obscura fez-te capaz de ser o Pai dos Pobres.”

Na Pequena aldeia de Pooy, perto da cidade de Dax ao Sul da França, nasceu o terceiro, dos seis filhos do casal de João de Paulo e Bertranda de Morais, era o dia 24 de abril de 1581, no mesmo dia foi batizado e recebeu o nome de Vicente, que quer dizer “Vencedor do Mal”.
Vicente, assim como seus irmãos, foram instruídos por sua mãe e dela também receberam o ensino religioso.
Desde muito cedo Vicente trabalhou com pastor de ovelhas e de porcos, seus irmãos mais velho ajudavam os pais na lavoura.

Mensagem do Papa Bento XVI


A liturgia é uma fonte preciosa para crescer na oração, diz Papa

Jéssica Marçal
Da Redação


Arquivo
Onde o olhar sobre Deus não é determinante, todas as outras coisas perdem a sua orientação, disse o Papa aos fiéis durante a catequese
Nesta quarta-feira, 26, o Papa Bento XVI deu continuidade ao ciclo de catequeses sobre a oração. Reunido com os fiéis na Praça São Pedro, no Vaticano, o Papa recordou que a primeira escola para a oração, como visto ao longo dessas semanas, é a Palavra de Deus. Ele acrescentou que há uma outra fonte preciosa para crescer na oração: a liturgia.


“Há agora um outro precioso ‘espaço’, uma outra preciosa ‘fonte’ para crescer na oração, uma fonte de água viva em estreitíssima relação com a anterior. Refiro-me à liturgia, que é um âmbito privilegiado no qual Deus fala a todos nós, aqui e agora, e atende a nossa resposta”.

Frases de São Vicente de Paulo

"O filho de Deus fez-se homem não só para que nós nos salvemos, mas também para que com ele sejamos salvadores"

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Os dons de Deus

Eles não podem ser acumulados em poucas mãos
Dia 30 de setembro, fazemos memória ao patrono da Bíblia, São Jerônimo, um dos tradutores dos textos bíblicos do original para o latim, formando a Bíblia chamada de “Vulgata”. É a Palavra de Deus como sendo o grande dom, um caminho revelador da identidade de Deus em Jesus Cristo. Aí encontramos a indicação dos dons divinos concedidos à pessoa humana.

Toda pessoa, além do dom da vida, é marcada pela presença da bondade do Senhor com habilidades para o bem de todos. Dons que não podem ser privatizados por práticas egoístas. Os bens materiais são dons de Deus e devem ser administrados de forma a propiciar vida digna para todas as pessoas. Deus pedirá conta de quem administra com injustiça.

Eleições 2012


Por que a Igreja não indica nenhum candidato?

Kelen Galvan
Da Redação


Arquivo
Eleitores irão às urnas no dia 07 de outubro para escolher seus candidatos
A pergunta, que pode surgir em época de eleições, tem resposta clara. O secretário-executivo da Comissão Brasileira Justiça e Paz da CNBB, Pedro Gontijo, explica que a missão da Igreja é de universalizar sua mensagem, portanto, ela não quer que apenas um partido ou um candidato seja expressão da mensagem.

Segundo ele, a mensagem do Evangelho ultrapassa um partido ou uma coligação. "Nós queremos que todos os partidos defendam princípios que sejam norteados pela defesa da vida, pelo fim da desigualdade, pela igualdade de condições sócio-econômicas, por transparência no estado. Esses princípios deveriam ser norteadores, na nossa avaliação, de candidatos de quaisquer partidos e coligações".

O fato de escolher um candidato ou partido implicaria em dizer que só aquele teria condições de cumprir esses princípios e os outros não.

Contudo, o secretário destaca que "boa parte dos partidos poderiam estar dentro da defesa desses princípios que deveriam ser, mais ou menos, comuns".

"A Igreja quer convidar que todos reflitam sobre esses princípios éticos, que devem nortear a vida pública de qualquer mandatário, de qualquer pessoa que está num cargo público, para que, independente de partido, vivenciem esses valores", enfatiza Gontijo.

Votos Brancos e Nulos

Muitos acreditam que ao votar branco ou nulo estão se esquivando da responsabilidade de ter que optar por candidatos com os quais não concordam ou mesmo que estariam expressando sua inconformidade com a realidade política.

De fato, "quando o voto branco ou nulo é feito de uma forma coletiva e organizada pode significar uma espécie de manifestação, seja com a estrutura social, política ou com os candidatos que se apresentaram", explica Pedro Gontijo.

Entretando, é preciso entender que essa "manifestação" só seria significativa se acontecesse de forma massiva, em grande número, para os cargos majoritários, como é o caso de prefeito, nessas eleições.

Se o número de votos brancos ou nulos é pequeno, não interferem no resultado da eleição e acabam contribuindo para aquele que tem mais votos. Principalmente na escolha dos candidatos ao legislativo.

"Voto branco ou nulo ao votar para vereador acaba sendo um voto que contribui para que aqueles que estão tendo mais votos, os partidos e coligações que estão tendo mais votos, sejam beneficiados", alerta o secretário.

De modo geral, ressalta Gontijo, voto branco ou nulo não contribui para a melhor escolha de candidatos que venham depois a fazer um trabalho mais sério em favor da comunidade. 

"Voto branco e nulo não nos parece hoje uma estratégia de participação consciente. Nos parece muito mais importante que as pessoas votem e acompanhem aqueles aos quais votou. Que elas façam o acompanhamento do mandato", conclui o secretário. 
Fonte: Canção Nova

Frases de São Vicente de Paulo

"Uma maneira óptima para se exercitar no amor de Cristo, é acostumar-se a tê-lo sempre presente em nós".

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Atenção Promoção!

Atenção galera que curte o blog Vicentinos do Asfalto, grande promoção concorra a brindes e é facil de participar, faça um comentario na postagem "RELEMBRAR É VIVER" e concorra a brindes.

Relembrar é viver

A partir de Hoje o Blog Vicentinos do Asfalto vai relembrar alguns momentos da JMV. E pra começarmos vamos relembrar o grande Encontrão da JMV que aconteceu em 2007 no Centro Diocesano em Ponta Negra -Natal- RN-Brasil.
"RELEMBRAR É VIVER"

Momento de Oração

O momento mais especial do Encontrão, testemunho do grande, eterno e saudoso Nonô
Olha que galera animada!
Momento diversão!
Hora de repor as energias!

O momento mais triste a hora da despedida!
Momentos unicos e aguardem o proximo "RELEMBRAR É VIVER"

Caras sorridentes

Um sorriso não custa nada e rende muito
“Não esqueças - dizia São Josemaria Escrivá - que, às vezes, faz-nos falta ter ao lado caras sorridentes” (Sulco, n. 57).

Ele o recomendava, e (sou testemunha disso) praticava-o em favor dos outros todos os dias. Costumava dizer, por experiência própria, que, em muitas ocasiões, “sorrir é a melhor mortificação”, porque custa. Sim, pode nos custar, custar muito, sobretudo nos dias em que não nos sentimos bem ou andamos aflitos e preocupados, mas o esforço sacrificado de tentar sorrir por amor - por amor a Deus e por amor aos outros -, passando por cima das dificuldades, constitui um belo serviço, pois torna mais amável e alegre a vida dos que convivem conosco.

O Que O Cristão Deve Levar em Sua Mochila?

Por Padre Luizinho no dia set 24th, 2012 sobre Atualidade, Espiritualidade, Formacao.
Nós estamos neste mundo de passagem: a vida é passageira, por isso, buscai as coisas do alto. São João Maria Vianney dizia: “O dia é como uma moeda de ouro que Deus nos dá para comprar a eternidade”. Nós não teremos outra vida para concertar o que fizemos de errado ou para fazer o que deveríamos ter feito ou que você não deixou Deus fazer ou que não fizeram por você. Essa moeda são minhas escolhas, atitudes, minha consciência. Para abraçar aquilo que Jesus já conquistou para mim. São Paulo tem um conselho extraordinário que me faz lembrar o Pe Léo: Se ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas do alto, onde Cristo está entronizado à direita de Deus; cuidai das coisas do alto, não do que é da terra. Pois morrestes, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus (Cl 3, 1-3).

Frases de São Vicente de Paulo

"Ainda que a firmeza seja necessária para atingir o fim a que nos propomos em nossas boas obras é contudo, necessário empregar muita doçura nos meios".

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

As trevas da dor

Calvário, caminho cotidiano
Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz todos os dias e siga-me (Lc 9, 23). O problema da dor é o maior e o mais grave dos que se apresentam ao homem. Quem não vencer a dor não vencerá a vida. Compreendê-la é compreender a própria vida. 

Todos devemos contar com sofrimentos na vida. Não podemos imaginá-la como um sonho cor-de-rosa, não devemos esperar que ela nos cumule de benesses, porque só assim evitaremos grandes decepções. Se alguém anda, constantemente, atrás da felicidade, de “dias melhores e mais belos”, a dor irá apanhá-lo inesperada e desprevenidamente, e parecer-lhe-á mais dura e pesada. Já os pagãos contavam com os sofrimentos e chegavam mesmo a considerar de mau agouro uma felicidade perfeita, que lhes parecia uma afronta aos deuses. Por isso, evitavam um homem demasiado feliz, fugiam dele.

Pontes para o perdão

As pontes superam as dificuldades do caminho

Pontes unem territórios separados. Quando uma ponte é construída, as dificuldades são superadas. O impossível torna-se possível e o que era distante se torna próximo. A travessia sempre é feita com segurança quando uma ponte se encontra em um bom estado de conservação. Muitos acidentes já ocorreram devido ao mal estado de conservação de muitas pontes que ficaram velhas e se terioraram pela falta de cuidados.

Quando uma ponte é construída, faz-se necessário uma conservação periódica; caso contrário, o tempo irá desgastar o que foi construído para durar uma vida toda. Nos processos humanos de relacionamento, as pontes são necessárias, pois elas unem pessoas, aproximam o distante e as dificuldades se tornam mais fáceis de serem superadas.

Mensagem do Papa Bento XVI


Deus nos pede para vencermos nosso orgulho, diz Bento XVI


Da Redação, com Rádio Vaticano


Reuters
"Seguir o Senhor requer sempre do homem uma profunda conversão, uma mudança no modo de pensar e de viver", afirmou Bento XVI
Neste domingo, 23, o Papa Bento XVI disse que o Senhor nos pede para sermos humildes e derrotar o orgulho enraizado em nós. Durante a oração mariana do Angelus, recitada no pátio interno da residência Apostólica de Castel Gandolfo, o Santo Padre afirmou que é necessário uma mudança no nosso modo de pensar e de viver para seguir a Deus.

“Seguir o Senhor requer sempre do homem uma profunda conversão, uma mudança no modo de pensar e de viver, requer abrir o coração à escuta para deixar-se iluminar e se transformar interiormente”, explicou.

Frases de São Vicente de Paulo

"Os pobres abrem-nos a porta para a eternidade".

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Sem Maria não há Igreja

Ela compartilha a missão de Seu Filho

Bento XVI afirma que a presença da mãe de Deus com os apóstolos, depois da Ascensão, não é apenas o dado histórico de um acontecimento do passado. A presença de Nossa Senhora no Cenáculo adquire um significado de grande valor, pois ela partilha com eles a memória viva de Jesus na oração. Ela compartilha a missão de Seu Filho, de conservar a Sua memória, a Sua presença.

O Santo Padre nos lembra que para gerar o Verbo, a Virgem Maria já recebeu o Espírito Santo. No Cenáculo, unida em oração com os apóstolos, ela compartilha a expectativa do mesmo dom, para que, no coração de cada crente, “se forme Cristo” (cf. Gl 4, 19). Sem Pentecostes não há Igreja e não há Pentecostes sem a Mãe de Jesus, pois Ela viveu, de modo único, o que a Igreja experimenta todos os dias pela ação do mesmo Espírito. São Cromácio de Aquileia dizia que: “não se pode falar de Igreja se não estiver presente Maria, mãe do Senhor […] A Igreja de Cristo se encontra onde se anuncia a Encarnação de Cristo por meio da Virgem”.

Mensagem do Papa Bento XVI


Evangelização é trabalho de todo o povo de Deus, diz Papa

Jéssica Marçal
Da Redação


Rádio Vaticano
'Cada fiel, na e com a comunidade eclesial, deve sentir-se responsável pelo anúncio e pelo testemunho do Evangelho', destacou Bento XVI
O Papa Bento XVI encontrou-se na manhã desta quinta-feira, 20, com os bispos de recente nomeação que participam de uma conferência promovida pela Congregação para os Bispos e para as Igrejas Orientais. Bento XVI lembrou que os bispos são chamados a alimentar a comunhão e colaboração em suas dioceses. Ele destacou que os Pastores orientam a evangelização que, na verdade, é tarefa de todo o Povo de Deus.

“A evangelização, de fato, não é trabalho de alguns especialistas, mas de todo o Povo de Deus, sob orientação dos Pastores. Cada fiel, na e com a comunidade eclesial, deve sentir-se responsável pelo anúncio e pelo testemunho do Evangelho”, disse.

Ao afirmar que o bispo, para ser realmente arauto da fé, deve viver a presença do Senhor, como homem de Deus, Bento XVI lembrou que não é possível estar a serviço do homem sem ser primeiro servo de Deus.

“O bispo, primeira testemunha da fé, acompanha o caminho dos crentes oferecendo o exemplo de uma vida vivida na confiança em Deus. Ele, portanto, para ser autêntico mestre e arauto da fé, deve viver a presença do Senhor, como homem de Deus. Não se pode estar, de fato, a serviço dos homens, sem ser primeiro servos de Deus”.

O Santo Padre explicou também que os bispos, como membros do colégio episcopal, devem ter uma solicitude especial pela Igreja universal, o que deve ser feito, primeiramente, a partir da defesa da unidade da fé. “Jesus Cristo quis confiar a missão do anúncio do Evangelho antes de tudo ao corpo de Pastores, que devem colaborar entre eles e com o Sucessor de Pedro (cfr ibid., 23), de modo que isso atinja todos os homens”.

Diante desta tarefa, o Papa convidou os bispos a serem próximos das famílias, a fim de ajudar os pais a serem os primeiros educadores da fé seus filhos e, com relação aos jovens, “para que possam construir a sua vida sobre a rocha firme da amizade com Cristo”. 
Fonte: Canção Nova

Frases de São Vicente de Paulo

"Temos que atribuir a Deus qualquer bem que resulte de nossas acções, do contrário, deveríamos atribuir a nós todo o mal que ocorre na comunidade".

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

O pior mal se chama pecado

Tirando-se o pecado, tira-se a morte eterna
Não sei se você já notou, mas o primeiro sacramento que Jesus instituiu, após a Sua Ressurreição, no mesmo dia desta, foi o da confissão (cf. Jo 20,22). “Como o Pai me enviou, eu vos envio a vós. Recebei o Espírito Santo. Aqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes ser-lhes-ão retidos” (cf. Jo 20, 22-23).

Isso mostra que Jesus estava desejoso de distribuir o “remédio” que a humanidade precisava; o perdão dos pecados para ser feliz. Tirando-se  ele, tira-se a morte eterna (cf. Rm 6,23). O Catecismo da Igreja nos mostra toda a gravidade do pecado: “Aos olhos da fé, nenhum mal é mais grave do que o pecado e nada tem consequências piores para os próprios pecadores, para a Igreja e para o mundo inteiro” (§ 1488).

Frases de São Vicente de Paulo

"Os pobres abrem-nos a porta para a eternidade".

terça-feira, 18 de setembro de 2012

TAMBÉM SOMOS JMV !



Veja a cara da JUVENTUDE MARIANA VICENTINA no mundo inteiro com o "TAMBÉM SOMOS JMV"

Essa é a galera que amo muito, esse é o pessoal da JMV Caicó-RN -BRASIL

 Na hora da comida!

Com os idosos do Abrigo Professor Pedro Gurgel

Na oração 

Nos envie também a sua foto ou a foto do seu grupo para o email: rogeriojrtargino@hotmail.com ou rogeriomia@hotmail.com e diga para todo o mundo que
"SER JMV É BOM DEMAIS"
 

 

TAMBÉM SOMOS JMV !

TAMBÉM SOMOS JMV !

Veja a cara da JUVENTUDE MARIANA VICENTINA no mundo inteiro com o "TAMBÉM SOMOS JMV"
 Esse são os nossos irmãos da Eslovaquia- Europa

A galerinha da Bielorrussia


Esses são nossos irmãos da Costa Rica


Nos envie também a sua foto ou a foto do seu grupo para o email: rogeriojrtargino@hotmail.com ou rogeriomia@hotmail.com e diga para todo o mundo que
"SER JMV É BOM DEMAIS"


Credito das fotos: SecInter JMV
Como faço para rezar melhor?


Nós precisamos rezar mais e melhor. Em Medjugorje, os jovens videntes perguntaram a Nossa Senhora como fariam para “rezar melhor”, uma vez que Ela recomendava sempre a eles que “rezassem com o coração”, que “rezassem melhor”. Nossa Senhora respondeu como mãe: “Rezem mais”.

A ponte das palavras

Diga palavras que construam os outros
Uma canção popular exalta, em versos muito simples, o valor da palavra: "Palavra não foi feita para dividir ninguém. Palavra é ponte por onde o amor vai e vem…

A alma se exprime pelo corpo, especialmente pela língua. "Sendo o homem um ser ao mesmo tempo corporal e espiritual, exprime e percebe as realidades espirituais  por meio de sinais e símbolos materiais. Como ser social, o homem precisa de sinais e de símbolos para comunicar-se com os outros, por meio da linguagem, de gestos e ações" (Catecismo da Igreja Católica, n. 1146).

Frases de São Vicente de Paulo

"É preciso dar o seu coração, para obter em troca o dos outros".

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

YOUCAT: Catecismo jovem #Antigo Testamento


"É estupendo observar como todo o Antigo Testamento se nos apresenta já como história na qual Deus comunica a sua Palavra: de fato, "tendo estabelecido aliança com Abraão (cf. Gn 15, 18), e com o povo de Israel por meio de Moisés (cf. Ex 24, 8), revelou-Se ao Povo escolhido como único Deus verdadeiro e vivo, em palavras e obras, de tal modo que Israel pudesse conhecer por experiência os planos de Deus sobre os homens, os compreendesse cada vez mais profunda e claramente, ouvindo o mesmo Deus falar por boca dos profetas, e os difundisse mais amplamente entre os homens (cf. Sl 21, 28-29; 95, 1-3; Is 2, 1-4; Jr 3, 17)". 

Construindo história e partilhando palavras

Um texto dedicado a todos os nossos leitores.

Por Diácono Inácio Lopes

Em quantas pessoas hoje eu dei um abraço? Silencioso, demorado, verdadeiro, com um sorriso nos lábios que nem cabia no rosto? É um abraço assim que transmite aquilo que sente o coração ao reencontrar um amigo, um familiar um amor.

Um dia acontecerá conosco o mesmo que acontece com os pássaros, cada um segue em uma direção, cada um rumará para um novo horizonte. Em algum lugar no passado, alguns já se foram, deixaram e levaram muitas saudades, fizeram o que devia ser feito, ou o que podia ser feito; em alguns momentos com os mais próximos teremos e daremos noticias, por meio de twitter, e-mail, facebook, msn; até que isso vá se tornando cada vez mais distante e daqui a certamente dez, quinze, vinte anos, teremos a boa lembrança de que um dia construímos uma bela história juntos.
Como os pássaros, um dia cada um de nós encontrará, o seu caminho, quem sabe até os nossos ninhos sejam próximos, quem sabe quantos voos ainda faremos juntos, quem sabe se ao despertar de uma manhã qualquer, acordaremos com o cantar de um desses irmãos, vindo visitar-nos, quem sabe nos esbarremos pelas curvas da vida, quem sabe se não cuidaremos da asa de algum dos nossos irmãos ou ele cuidará da minha, quem sabe eu o encontre já velhinho sem conseguir mais alçar voo rumo ao infinito e eu seja o que vá levar ânimo e alegria ao seu rosto, ou ele talvez me encontre desejoso de reencontrar o caminho e me leve em seu voo ao encontro do melhor que havia em mim; o importante é a certeza de que uma vez escrita nossa história jamais se apagará.
Juntos, dividimos emoções, sentimentos, histórias; juntos, cantamos e louvamos a Deus; juntos, partilhamos ideias, realizamos sonhos, construímos um cantinho melhor no mundo, no nosso mundo e no mundo do outro, juntos aprendemos a voar em direção aqueles que nós nem sabíamos que existiam, aqueles que nós não conhecíamos a dor, mais também aqueles que nós não conhecíamos o riso, aprendemos deles que não se é feliz pelo que se tem mais por quem se tem, por pertencer a uma família, por ter um Deus maravilhoso...
Juntos, discordamos da injustiça; juntos demos o melhor que havia em nós e sabemos que ainda há muito a dar; juntos construímos um lago, um rio, um oceano com nossas lágrimas de indignação mais também de emoção ao encontramos no meio de tanto sofrimento pessoas capazes de amar; juntos abraçamos Jovens que muitas vezes carecia apenas disso; juntos colocamos uma pedra na construção da ponte que une você e eu, nós e os outros, os outros e aqueles que estão distantes de nós, aqueles e Deus; todos unidos pela mesma ponte e a essa ponte nós chamamos de Amor.e o amor não se explica, se sente, se vive, se doa e se manifesta em nós por Cristo Jesus.
Amém.

O mais novo "Mini Marial"

É isso mesmo galera! A JMV de Fortaleza vem plantando sua semente, e nós estamos na torcida que venham bos frutos. Não temos dúvida disso, afinal, a JMV é surpreendente e tem muito a ensinar. Desejamos muitas bençãos para todos! Parabéns pelo trabalho e pela dedicação! Com certeza, Maria está muito orgulhosa, pois a cada grupo que se forma, é o pedido de 18 de Julho de 1830 se renovando. Que essas crianças cresçam baseada na espiritualidade Mariana Vicentina, e se tornem JMV para sempre!!!