segunda-feira, 23 de março de 2015

MENSAGEM DO PAPA


Evangelho, crucifixo e fé são caminhos para ver Jesus, diz Papa

Francisco cita o Evangelho, o crucifixo e a fé como caminhos para aqueles que ainda querem ver Jesus e estão à procura do rosto de Deus
Da redação, com Rádio Vaticano
papa_angelus
No Angelus deste domingo, 22, Francisco então chama à atenção para a expressão “queremos ver Jesus”
Assim que assumiu à janela dos apartamentos apostólicos, Papa Francisco agradeceu aos milhares de fiéis que, apesar do frio e da chuva, marcaram presença na Praça de São Pedro para acompanhar a Oração Mariana do Angelus. “Vocês são muito corajosos”, disse o Papa.
A reflexão deste domingo, 22, têm como base o evangelho de João, no qual alguns gregos judeus pedem ao evangelista para ver Jesus em Jerusalém.

Francisco chama à atenção para a expressão “queremos ver Jesus”. “Estas palavras, como tantas outras no Evangelho, vão além do episódio particular e expressam algo universal; revelam um desejo que atravessa os tempos e as culturas, um desejo presente no coração de tantas pessoas que ouviram falar de Cristo, mas não o encontraram ainda”, disse.
Hora da Cruz
Em uma resposta profética de Jesus àquele pedido, Ele revela sua verdadeira identidade. ““É chegada a hora em que será glorificado filho do Homem”. (Jo 12,23). “É a hora da derrota de Satanás, príncipe do mal, e do triunfo definitivo do amor misericordioso de Deus”, lembrou o Papa.
O Santo Padre acrescentou dizendo que Cristo declara que será “elevado da terra” e que essa expressão é de duplo significado. “Elevado porque crucificado, elevado porque exaltado pelo Pai na Ressurreição, para atrair todos a si e reconciliar os homens com Deus e entre eles. A hora da Cruz, a mais escura da história, é também a fonte da salvação para aqueles que acreditam n’Ele”.
Caminhos para ver o rosto de Jesus
O Pontífice prosseguiu dizendo que para àqueles que ainda querem ver Jesus e estão à procura do rosto de Deus podem ser oferecidas três coisas: “O Evangelho, o crucifixo e o testemunho da fé, pobre mas sincera.”
Ele explica que no Evangelho é que se pode encontrar, escutar e conhecer Jesus. O crucifixo é sinal do amor de Jesus por todos. A fé é aquela que se traduz em simples gestos de caridade fraterna.
Ao concluir sua reflexão, o Papa Francisco pediu a Maria Mãe Santíssima que ajude todos a seguir Jesus na via da cruz e da ressurreição.
Lembrando uma antiga tradição da Igreja em que no período da Quaresma são distribuídos evangelhos para quem se prepara ao batismo, o Pontífice anunciou a doação de exemplares aos presentes na Praça São Pedro. O Santo Padre agradeceu ainda a recepção que teve em Nápoles, no sul da Itália, durante visita pastoral neste sábado, 21.
Fonte: CANÇÃO NOVA

Nenhum comentário:

Postar um comentário