segunda-feira, 2 de março de 2015

Carta de Deus

Meu filho ___________________________

Você pode não me conhecer, porém sei tudo sobre você (Sl 139, 1)

Sei quando você senta, dá seus roles e até pula o muro de casa para fugir (Sl 139, 2)

Conheço todos os seus caminhos, de suas trilhas aos ralis (Sl 139, 3)

Até os cabelos da sua cabeça estão todos contados, inclusive os que já pintou e em que fez luzes (Mt 10, 29-31)

Em mim, você vive e se move, e tem existência, literalmente existe (At 17, 28)

Pois você é a minha descendência, árvore genealógica, já ouviu? (At 17, 28)

Já o conhecia mesmo antes de você nascer (Jr 1, 4-5)


Eu o escolhi quando ainda pensava na criação (Ef 1, 11-12)

Você não é um erro, nasceu para dar certo (Sl 139, 15)

Pois todos os seus dias foram escritos no meu livro; acredite, ainda é possível recomeçar (Sl 139, 16)

Determinei a hora exata do seu nascimento e onde deveria viver (At 17, 26)

Você foi feito de forma admirável e maravilhosa. Naquele dia, tudo parou para ver você sendo formado. Você não é pouca coisa, não (Sl 139, 14)

Eu o formei no ventre de sua mãe (Sl 139, 13)

E trouxe você à luz no dia em que nasceu (Sl 71, 6)

Tenho sido mal interpretado por aqueles que não me conhecem, até por você. Superman, Chapolin Colorado, enfim, tantos nomes… (Jo 8, 41-44)

Não estou distante nem com raiva, mas sou a completa expressão do amor. O amor de verdade (1 Jo 4, 16)

E é meu desejo derramar meu amor sobre você. É de graça, 0800 (1Jo 3, 1)

Simplesmente porque você é meu filho, e eu sou o seu Pai (1Jo 3, 1)

Eu lhe ofereço mais do que o teu pai terrestre jamais poderia oferecer (Mt 7, 11)

Cada coisa bacana que acontece em sua vida vem de minha mão (Tg 1, 17)

Pois sou o seu Deus e cuido de todas as suas necessidades (Mt 6, 31-33)

O meu plano para o seu futuro sempre foi cheio de esperança; mesmo que você insista em uma vida não muito legal, sou paciente (Jr 29, 11)

Porque eu amo você pra sempre. Sabe aqueles finais felizes de filme? Não se comparam ao que tenho para você (Jr 31, 3)

Os meus pensamentos para você são incontáveis, como a areia da praia (Sl 139, 17-18)

E fico de boa com você e canto até uma música para a trilha sonora da sua vida (Sf 3, 17)

Nunca deixarei de lhe fazer o bem (Jr 32, 40)

Pois você é o meu tesouro precioso, você vale demais pra mim (Ex 19, 5)

Posso revelar coisas grandes e maravilhosas para você (Jr 33, 3)

Se me buscar de todo o seu coração, me encontrará (Dt 4, 29)

Deleite-se em mim e eu te darei os desejos do teu coração. Falei difícil agora, NÉ? Mais saiba: quero fazer você feliz (Sl 37, 4)

Pois fui eu que coloquei em você esse desejo de me agradar (Fl 2, 13)

Sou capaz de fazer mais por você do que jamais poderia imaginar (Ef 3, 20)

Pois sou a sua força (2Ts 2, 16-17)

Sou também o Pai que consola você em todas as suas tristezas (2Cor 1, 3-5)

Como um pastor que leva um cordeiro, tenho carregado junto ao meu coração (Is 40, 11)

Um dia limparei toda a lágrima dos seus olhos, e não precisará chorar em seu travesseiro (Ap 21, 4)

Sou o seu Pai e o amo, tal como amo o meu filho Jesus (Jo 17, 23)

Pois em Jesus foi mostrado, como em um outdoor, o meu amor por você (Jo 17, 26)

Ele é a representação exata do meu ser (Hb 1, 3)

Ele veio para demonstrar que sou por você e não contra você (Rm 8, 31)

E para dizer que não estou aí, contando seus pecados (2Cor 5, 18-19)

Jesus morreu para que você e eu pudéssemos ser reconciliados, fazer as pazes mesmo! (2Cor 5, 18-19)

A sua morte foi a expressão máxima do meu amor por você (1Jo 4, 10)

Entreguei tudo o que amava para poder ganhar o seu amor (Rm 8, 32)

Se receber este amor do meu Filho Jesus, receberá a mim (1Jo 2, 23)

E nada jamais poderá separar você do meu amor, nada mesmo. Nem mesmo a morte! Um amor que nada pode apagar nem derrotar (Rm 8, 38-39)

Venha para casa e haverá grande alegria no céu! (Lc 15, 7)

Sempre fui Pai, e sempre serei Pai – o seu Pai (Ef 3, 14-15)

A minha pergunta é: quer ser meu filho? (Jo 1, 12-13)

Estou à sua espera (Lc 15, 11-32)

Com amor, do seu Pai:

Deus
Texto retirado do livro Nasci pra Dar Certo (Adriano Gonçalves)

Nenhum comentário:

Postar um comentário