segunda-feira, 4 de março de 2013

Reflexão do dia: Para aliviar a tristeza


Às vezes, amar é viver o tempo do outro. É olhar dentro dos olhos do outro e perceber quanta vida há naquele olhar. Isso é uma prova de amor. Isso alivia a tristeza que sufoca o coração. Quantas vezes, você mesma, sentiu-se triste, sem vontade, cabisbaixa, sem lá muita pretensão com a vida (porque nem sempre se pode ir no ritmo acelerado da vida). Quando vem um olhar de predileção, uma pessoa que te ouve quando o mundo tapou os ouvidos. Nem sempre é alguém conhecido, pois pode ser uma pessoa com quem você não tenha muito contato, mas que há entre vocês afinidade, carinho, respeito, amor (ainda que não demonstrado ao mundo ou de um para o outro). Isso alivia a tristeza que sufoca o coração. Saber que através de uma palavra de alguém que não está ao teu lado, mas que parou um pouco para ir no teu tempo. Somente quem te ama pára e vai no teu tempo, mesmo quando a vida é lenta. Na correria ninguém está nem aí para as tuas dores. Mas sempre há alguém, aquela pessoa que retira a tristeza e vai fazendo o coração ficar mais aliviado. Isso é lindo. Saber que mesmo com tristeza (dentro do seu tempo), você conseguiu identificar em alguém o amor, tão límpido quanto intenso. Aquele sentimento que traz um jeito novo de olhar para a vida. Com dignidade. Sem precisar se esconder, mas sem precisar estender um tapete vermelho a todo momento. Com gratidão, e com confiança. Confiante em que o tempo da tristeza vai passar, pois há gente do lado, por perto, há olhares especiais sobre você, há amor em forma de predileção, que faz confiar, aliviar a tristeza e fazer o coração pulsar no ritmo da vida e do amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário