sexta-feira, 1 de março de 2013

O que aprender com a renúncia de Bento XVI?

Que por muitas vezes devemos ser ousados e corajosos. Que muitos serão contra a nossa decisão, mas precisamos continuar a missão. Sua atitude nos mostra que, renunciar o "poder" não é sinônimo de baixar a cabeça, é sinal de que, a humildade deve está presente - e ser prioridade - principalmente nos corações dos que estão "no topo". Nem sempre agradaremos com nossas decisões e, devemos está preparados para tal situação. Renunciar um cargo não é covardia, fazer isso com humildade, é reconhecer que já não pode mais servir como deve... 


Texto por Vicentinos do Asfalto

Nenhum comentário:

Postar um comentário