quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

YOUCAT: Catecismo jovem #O que significa “Igreja”?


Igreja, em grego, diz-se ekklesia e significa ”os convocados”. Todos nós, que somos batizados e cremos em Deus, somos convocados pelo Senhor. Juntos somos a Igreja. Cristo é, no dizer de São Paulo, a “cabeça” da Igreja; nós somos o seu “corpo”. [748,757] 

Quando celebramos os sacramentos e ouvimos a Palavra de Deus, Cristo está em nós e nós estamos n’Ele – isto é a Igreja. A Sagrada Escritura descreve a comunhão estreita, pessoal e vital de todos os batizados com Jesus através de metáforas sempre novas: ora fala do Povo de Deus, ora da Esposa de Cristo; ora é chamada de Mãe, ora é a família de Deus ou comparada a um banquete nupcial. A Igreja nunca é uma simples instituição ou uma “igreja administrativa” que podemos pôr de lado. Podem escandalizar-nos os erros e os defeitos da Igreja, mas não nos podemos distanciar dela, porque Deus a escolheu irrevogavelmente e, apesar de todos os pecados, não Se distancia dela. A Igreja é a presença de Deus na humanidade, pelo que a devemos amar. [YouCat 121] 


 Ele [Cristo] é a “cabeça” da Igreja, que é o seu “corpo”. [Cl 1,18] 

 Deus quer a Igreja, porque nos quer salvar, não individualmente, mas em comunhão. Ele quer fazer de toda a humanidade o Seu Povo. [758-781, 802-804] 
Ninguém vai para o Céu por uma porta insocial. Quem só pensa em si e na salvação da própria alma vive “in-socialmente”. Isso é impossível tanto na Terra como no Céu. Nem Deus é insocial; não é um Ser solitário, auto-suficiente. O Deus trino é, em Si mesmo, “social”, uma comunhão, um eterno intercâmbio de amor. Também o ser humano, segundo o modelo de Deus, visa relação, permuta, participação e amor. Somos responsáveis uns pelos outros. [YouCat 122] 

A missão da Igreja é permitir que, em todos os povos, brote e cresça o Reino de Deus, que Jesus já inaugurou. [763-769, 774-776, 780] 
Aonde Jesus foi, o Céu tocou a Terra, despontou o Reino de Deus, um reino de paz e de justiça. A Igreja serve este Reino de Deus. Ela não é um fim em si mesma. Ela tem de continuar o que Jesus começou. Ela deve proceder como Jesus procederia. Ela transmite as Palavras de Jesus e prossegue a celebração dos sinais sagrados de Jesus (Sacramentos). Portanto, a Igreja, com toda sua fraqueza, é um pedaço do Céu sobre a Terra. [YouCat 123]

Nenhum comentário:

Postar um comentário