segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Reflexão do dia: Sonhos que se sonham ...


Sonhos e mais sonhos que fazem o ser humano levar adiante a sua própria vida, e as vezes, sonhos dependentes,  que nos fazem  até acreditar que só com a realização dos mesmos teremos condições de seguir adiante, como o de ganhar em uma  loteria, receber uma herança, uma promoção mágica, um emprego que aparece do nada, passar naquele concurso vitalício, entre outros.


Mesmo com tantos sonhos, podemos classificá-los em dois tipos: 
os sonhos que se sonham acordado, que são esses motivadores rápidos do dia a dia e que vão perdendo a força a medida que o tempo passa, ou conforme vão sendo realizados, e os "sonhos dos ideais da alma", que pode ser apenas um sonho, como por exemplo, o jovem que desde criança decidiu ser bombeiro, médico ou astronauta sei-lá, mas que persegue esse objetivo como ponto de honra na sua vida. Assim, como aquela criança que canta muito bem e já se sabe que ela vai tentar de todas as formas seguir cantando, ou o pequeno artista que vai ser ator com toda a certeza. Esses são os sonhos fundamentais, são a própria razão da nossa existência.

Qual é o sonho do ideal da sua alma? O que te motiva? Onde você quer chegar? Será que você não anda se desviando do seu sonho. ou quem sabe até sufocando-o em nome de algo ou alguém? Será que você não tem se perdido entre sonhos de consumo, idéias e ideais que não são seus? Pense com carinho no objetivo da sua vida, no foco que você deve se concentrar, assim se perde menos tempo, sofre-se menos e vive-se muito melhor.

Qual é o sonho da sua vida? 
Defina-se e parta para a luta, sem esquecer-se que nunca é tarde para sonhar, nem para recomeçar...
Eu acredito em você...

Nenhum comentário:

Postar um comentário